A legislação brasileira prevê que instituições financeiras sejam sociedades com controle acionário definido. Por essa razão, o controle do Banco Indusval S.A. é regido por um Acordo de Acionistas, firmado em 07.11.2011 e aditado pela primeira vezem 14.05.2012, com a admissão do Sr. Jair Ribeiro da Silva Neto ao Grupo de controle, e aditado posteriormente em 04.11.2013, com a admissão dos Srs. Afonso Antônio Hennel, Roberto de Rezende Barbosa e Maria Cecilia Cavalcante Ciampolini ao grupo de controle e com terceiro aditamento em 18.01.2016, no qual após processo de inventário e Partilha, em virtude do falecimento do Sr. Carlos Ciampolini, as ações ON emitidas pelo Indusval foram transferidas aos Srs. Carlos Eduardo e Caio que não integrarão o Grupo de Controle e com quarto aditamento em 01.08.2016, no qual retirou-se do Grupo de Controle o acionista Antonio Geraldo da Rocha, conforme aprovação do Banco Central em 03.02.2017. 

O Acordo de Acionistas tem como objeto o controle majoritário do Banco Indusval S.A. e nos termos do artigo 116 combinado com o artigo 118 da Lei 6.404/76, declara controladores e solidariamente responsáveis os Srs. Luiz Masagão Ribeiro, Manoel Felix Cintra Neto, Carlos Ciampolini, Antonio Geraldo da Rocha, Jair Ribeiro da Silva Neto, Afonso Antônio Hennel, Roberto de Rezende Barbosa e Maria Cecilia Cavalcante Ciampolini, que para tanto se comprometem, enquanto estiverem vinculados ao Acordo, a votar de maneira uniforme e permanente em todas as matérias de competência das assembleias gerais ordinárias, extraordinárias e especiais e a eleger a maioria dos administradores e a usar efetivamente este poder de controle para dirigir as atividades sociais e a orientar o funcionamento dos órgãos da sociedade.

Em 30.03.2011, em consonância com o Fato Relevante divulgado pela Companhia em 22.03.2011, foi firmado um Acordo de Acionistas com WP X Fundo de Investimento em Participações, através do qual o WPX terá o direito de eleger um membro do Conselho de Administração, além de outros direitos descritos no acordo, embora seja este um investimento minoritário, não participante do grupo de controle.